Como organizar sua reforma sem dor de cabeça

Reformar um imóvel pode trazer conforto físico e estético. Reparos bem-feitos também valorizam o espaço para locação e venda. Mas, pode ser sinônimo de prejuízos quando não segue algumas regras. Você quer mudar o visual ou estrutura do seu imóvel? Então, confira como organizar sua reforma sem dor de cabeça!

Reforma

Reforma rima com planejamento!

Analise cuidadosamente sua vida financeira, mesmo que a reforma seja apenas colocar janelas venezianas. Caso compre a prazo ou faça financiamentos, redobre sua atenção. Faça um cronograma em planilhas ou no caderninho. Detalhe os gastos com materiais e mão de obra, sempre com a reserva de 20% sobre cada item para não passar sufoco. Contudo, o cronograma deve ser seguido à risca. Nada de incluir trocar a cor das paredes, ou pisos, se nada disso estava na programação inicial.

planejamento

A reforma é realmente necessária?

Pensar isso é importante, pois, algumas reformas desvalorizam o valor do imóvel. Por exemplo, cozinha americana é linda e funcional para quem cozinha pouco. Gastar dinheiro e tempo transformando sua cozinha comum na americana pode ser arriscado, a não ser que seu alvo seja uma pessoa sozinha ou casal sem filhos.

Personalizar demais o imóvel também é perigoso. Cores fortes nas paredes e azulejos podem espantar locatário ou comprador mais tradicional. Para não deixar o imóvel insosso demais, opte por janela de alumínio branco ou janela veneziana de alumínio.

Cronograma

Contratar acompanhamento profissional

Isso porque uma reforma mal feita pode causar problemas hidráulicos, além de comprometer a estrutura. A simples instalação de uma janela de alumínio já exige muita atenção. A colocação de ar-condicionado, de sistemas elétricos/hidráulicos e de gás também exigem acompanhamento de engenheiro ou arquiteto.

NBR-16280

 

Não quebre nada sem o laudo do profissional, chamado de Anotação de Responsabilidade Técnica. Quem mora em apartamento precisa da ART e também da autorização do síndico, conforme determina a lei 16.280/2014 da Associação Brasileira de Normas Técnicas.

Cuidar da papelada

O proprietário tem a responsabilidade de guardar documentos referentes a reforma. Esse arquivo é durante e após os reparos. Se o imóvel for alugado, o locatário tem direito de acessar a documentação. Em caso de venda, deverá ser entregue ao novo proprietário.

Entulho em ordem!

Oriente os funcionários envolvidos para deixarem as áreas limpas e organizadas. Contrate  empresas de caçambas regularizadas, assim você garante que os entulhos sejam recolhidos e descartados corretamente.

Comunicação com vizinhos

A lei da boa vizinhança também vale nas reformas. Converse com eles sobre entrega de materiais, ruídos, poeira e presença de pessoas estranhas. Faça isso mesmo que seja apenas a colocação de janelas de alumínio?

Reforma sem dor de cabeça dá trabalho! Mas, os prejuízos da falta de planejamento são maiores. Confira aqui mais dicas sobre reformas e decoração.