shampoo

Shampoo 2 em 1: tudo o que você precisa saber

O uso do shampoo 2 em 1 se popularizou nos anos 90 e mantém grande influência até hoje diante da população mundial

Os cuidados com os fios pode ser algo trabalhoso. Há uma série de processos diários para que cada pessoa consiga manter a saúde do couro cabeludo, juntamente com a beleza de cada mecha de cabelo.

A ordem de lavagem, secagem e até a forma de pentear os cabelos causam grandes impactos no estilo e fortalecimento dos fios. É importante fazer uso de produtos confiáveis e benéficos para que cada parte dos cuidados com o cabelo sejam feitos de maneira correta.

O que define um shampoo 2 em 1?

Apesar de ter se tornado popular há algumas décadas, um desafio do shampoo 2 em 1 era reunir em um único produto componentes, inicialmente, contrários. As primeiras opções disponíveis no mercado eram conhecidas por não limpar como o shampoo convencional e nem hidratar bem como o condicionador.

Os shampoos convencionais possuem substâncias com carga negativa chamadas surfactantes usadas para remoção da sujeira, como óleos e sebo. Portanto, o shampoo tem uma função de limpeza. Já os condicionadores utilizam-se  de compostos de carga positiva para melhorar a hidratação e controlar o frizz.

O shampoo 2 em 1 caracteriza-se por unir essas duas funções, tanto com agentes de limpeza, como o sulfato, com os condicionantes. No entanto, a simples união dos componentes como realizado inicialmente, não apresentava o resultado almejado tanto em limpeza quanto em hidratação.

O que ocorria era que a junção em uma mesma formulação de cargas positivas e negativas neutralizavam os agentes de limpeza, limitando os efeitos. Mais recentemente, no entanto, houve uma melhora nas tecnologias usadas, o que transformou as possibilidades do produto 2 em 1.

Atualmente, a formulação utiliza shampoo junto com condicionadores de dimeticona, neutros de carga e suspensos em microgotículas.

No momento da aplicação do shampoo 2 em 1, há um efeito de limpeza dos fios devido ao shampoo. Durante esse processo a dimeticona fica suspensa nas microgotículas. Apenas durante o enxágue, quando o excesso de água quebra a estrutura cristalina e permite a deposição das gotículas de dimeticona no cabelo,é que se tem o efeito condicionante.

Com essa tecnologia o shampoo 2 em 1 passou a entregar os mesmos resultados de produtos separados, sem causar problemas de acúmulo de oleosidade ou ressecamento.

Quais as vantagens do shampoo 2 em 1?

O produto é uma solução mais usada entre o público masculino e infantil por facilitar o processo de lavagem dos fios. As mulheres, por diversas razões, que vão desde comprimento e especificidades dos tipos de cabelo, têm maior resistência a utilizar esse produto.

Ainda assim, existem vantagens do shampoo 2 em 1, dentre elas:

● praticidade na lavagem dos fios;

● limpeza satisfatória dos fios, próxima ao do shampoo convencional;

● hidratação e condicionamento dos fios.

Outra vantagem do shampoo 2 em 1 foi apresentada por uma pesquisa que revelou uma ação semelhante ao dos produtos convencionais em cabelos com química. Dessa forma, mulheres que fazem coloração ou alisamento dos fios e desejam praticidade podem utilizá-los como alternativa após o tratamento químico.

Quais os riscos do shampoo 2 em 1?

Apesar de algumas vantagens, o produto 2 em 1 nem sempre é o mais indicado para higiene capilar. Um dos riscos relacionados ao seu uso, é a escolha de um produto sem a tecnologia adequada e que, consequentemente, será insuficiente tanto para limpeza quanto hidratação. 

Pessoas com o cabelo muito oleoso, por exemplo, podem ter problemas com esse tipo de solução. Devido a presença de um agente condicionante, esse shampoo pode não retirar a oleosidade excessiva, sendo necessário shampoos com efeitos de limpeza mais intensos.

Por outro lado, cabelos crespos ou muito ressecados também podem exigir produtos separados mais específicos, como shampoos sem sulfato, condicionadores e máscaras de hidratação.

Shampoo 2 em 1: quando usar?

O fato do shampoo 2 em 1 promover a limpeza das impurezas acumuladas nos fios e no couro cabeludo ao mesmo tempo em que hidrata pode trazer benefícios como praticidade, economia de tempo e dinheiro, uma vez que ele costuma ser rápido de usar e mais barato que os produtos separados.

Entretanto, seu uso inadequado pode aumentar a fragilidade capilar, contribuir para o surgimento de irritações no couro cabeludo e para a queda de cabelo.

Como evitar os efeitos indesejados do shampoo 2 em 1?

Uma das formas de evitar essa ocorrência é atentar-se à resposta do cabelo ao uso desse tipo de shampoo. Caso se observe aumento do aspecto engordurado e queda – levando à alopecia feminina ou calvície, o produto pode estar inadequado e o uso deve ser suspenso.

Apesar de ser uma solução tecnológica e que promove a limpeza e hidratação do fio, o uso do shampoo 2 em 1 deve ser, preferencialmente, conversado com um profissional do ramo capilar.

No caso de haver queda de cabelo, a indicação é buscar ajuda de um médico especialista para diagnóstico das causas e definição do tratamento mais adequado.